Indian Motorcycle sai do Brasil

Grupo Polaris deixa de vender os produtos da Indian Motorcycle no Brasil; pós-venda segue para atender clientes.

Fonte: Jornal do Carro

A Polaris, empresa que controla a marca de motos Indian, anunciou que deixa de vender os produtos no Brasil. O motivo, segundo a companhia é a falta de rentabilidade do negócio no Brasil.

De acordo com o comunicado divulgado, haverá um processo de transição de 120 dias para as concessionárias da marca. Esse tempo é para as revendas conseguirem se desfazer de estoque de motos, peças e outros itens.

“Enquanto não identificamos um modelo de viabilidade para a Indian Motorcycle Brasil devido as atuais condições de mercado, o nosso foco será maximizar os recursos no crescimento da marca Polaris e fortalecimento da rede de concessionárias off-road”, afirmou o diretor geral da Polaris Brasil, Paulo Brancalion.

Para mais informações, a Polaris coloca à disposição dos clientes o e-mail contatobrasil@indianmotorcycle.com e o telefone (11) 3336-5482.

Morte anunciada

Em novembro de 2017, durante o Salão Duas Rodas, a marca apresentou novas motos. Variações da touring Chieftain e da custom Chief e a chegada da Scout Bobber para cá.

Apesar desse “ar de positividade”, a marca confirmou, em baixo tom, que tinha parado a produção local das motocicletas na Zona Franca de Manaus (AM). Então, de outubro de 2017 até agora, tudo que chegava ao País vinha importado dos Estados Unidos.

Ao contrário daqui, no país natal, a Polaris vê o crescimento da marca Indian, que tem muita identificação com o consumidor norte americano. E lá consegue rivalizar com a Harley-Davidson, enquanto aqui nunca conseguiu fazer frente à outra centenária marca americana.

O sucesso foi tanto na retomada da marca nos EUA, em 2011, que ano passado a outra marca de moto da companhia, a Victory, foi descontinuada.

Link Direto: https://jornaldocarro.estadao.com.br/motos/indian-motorcycle-sai-do-brasil/

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *